DesportoNáuticos

Liga MEO Surf: Vasco Ribeiro conquista quinto título nacional da carreira

Vasco Ribeiro garantiu, na manhã deste domingo, o título nacional de forma antecipada. O surfista do Estoril, de 26 anos, bateu o recorde de títulos nacionais, ao conquistar o quinto cetro da carreira. Após superar os quartos-de-final do Allianz Sintra Pro, a quarta e penúltima etapa da Liga MEO Surf 2021, e ver Afonso Antunes cair nessa mesma fase, Vasco garantiu o título nacional de forma antecipada, sucedendo a Frederico Morais.

Com a acção a arrancar bem cedo na Praia Grande, pelas 7H15, os quartos-de-final masculinos foram para a água já depois da ronda 3 feminina. No heat 2 Vasco enfrentou Jácome Correia e conseguiu um triunfo robusto. A luta continuou para as meias-finais, uma vez que Afonso Antunes não teve de competir no heat seguinte, devido à desistência de Eduardo Fernandes por problemas físicos.

Nas meias-finais Vasco Ribeiro teve pela frente Arran Strong e começou forte, graças a uma onda de 9 pontos, a melhor de todo o evento. Algo que ajudou a licra amarela e líder do ranking a garantir um triunfo folgado e passar a bola para o lado de Afonso Antunes, que na segunda meia-final teve pela frente o inspirado Halley Batista. Após um duelo muito equilibrado, o triunfo pendeu para Halley, que entregou, assim, o título de bandeja a Vasco Ribeiro.

Depois de ter vencido as duas anteriores etapas, no Porto e Figueira da Foz, e com o desenrolar desta etapa, Vasco Ribeiro já garantiu os pontos necessários para ser coroado campeão nacional antecipadamente. Isto mesmo perante a forte oposição de Afonso Antunes, que começou a temporada com um triunfo na Ericeira e que foi o único surfista que realmente importunou a caminhada de Vasco rumo à glória.

Este é o quinto título nacional para Vasco, que desempata, assim, o registo que detinha em igualdade com Ruben Gonzalez, passando agora a liderar de forma isolada a tabela dos surfistas com mais títulos nacionais. Após ter conquistado o primeiro título da carreira em 2011, com apenas 16 anos, o Vasco Ribeiro conquistou ainda o título nacional em 2012, 2014 e 2017, colocando um ponto final num hiato de quatro anos sem se sagrar campeão nacional.

Surfistas com mais títulos nacionais
Vasco Ribeiro – 5 (2011, 2012, 2014, 2017 e 2021);
Ruben Gonzalez – 4 (2004, 2005, 2006 e 2008)
Frederico Morais – 3 (2013, 2015 e 2020)
João Antunes – 3 (1994, 1996 e 1998)
José Gregório – 3 (1997, 2003 e 2007)

Do lado feminino a luta prossegue viva, com várias surfistas na perseguição à líder do ranking Carolina Mendes. Contudo, neste caso, as contas ainda estão longe de estarem resolvidas, uma vez que o calendário feminino conta com uma prova extra, que se vai realizar de 30 de Agosto a 1 de Setembro, em Ílhavo. Depois disso, entre 16 e 18 de Setembro a Liga MEO Surf vai até Peniche, com o Bom Petisco Peniche Pro a ser a última etapa do ano.

A nível televisivo, tendo presente a proibição de público nos termos legais, o Allianz Sintra Pro poderá ser acompanhado a partir de casa em direto na Sport TV, assim como nos restantes meios oficiais: facebook do MEO, na posição 810 da grelha de canais MEO, em ligameosurf.pt e redes sociais em @ansurfistas.

A Liga MEO Surf 2021 é uma organização da Associação Nacional de Surfistas e da Fire!, com o patrocínio do MEO, Allianz Portugal, Bom Petisco, Go Chill, Joaquim Chaves Saúde, Super Bock, Somersby, Rip Curl, Ericeira Surf and Skate, o parceiro de sustentabilidade Jerónimo Martins, o apoio local da Câmara Municipal de Sintra, e o apoio técnico do Clube Recreativo da Praia das Maçãs e da Federação Portuguesa de Surf.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo