LocalPrimeira Vista

Litoral XXI vai construir três quebra-mares destacados na costa vareira

O Ministro do Ambiente anunciou ontem que serão construídos três quebra-mares destacados – “paralelos à costa”, explicou João Pedro Matos Fernandes – em Ovar e a envolvente será saturada com cerca de 1,5 milhões de metros cúbicos de areia.

O país não vai construir mais esporões perpendiculares às praias para além de um reforço de estruturas aderentes deste tipo em Ílhavo, Vagos e Mira (quase um milhão de euros).

Durante a apresentação, em Vagos, do Litoral XXI – Governança e Plano de Acção, esta sexta-feira, o ministro elogiou o município de Ovar (e Vagos) que aceitou assumir esta obra de vinte milhões de euros, cuja comparticipação nacional, no valor de três milhões, será financiada pelos respectivos orçamentos.

Mas garantiu que o Governo não se demitirá das suas responsabilidades. Dos 175 milhões de despesa prevista até 2020, 57 milhões estão já comprometidos para intervenções previstas, em 13 concelhos de maior risco e um terço da verba será usado já a partir de 2017. A utilização do outro terço, cerca de 60 milhões de euros, será discutida com as autarquias, às quais o Governo pretende dar mais competências, em articulação com as cinco Administrações Regionais Hidrográficas (ARH).

Um terço dos 176 milhões de euros que o seu Ministério tem para o litoral vão ser investidos na região de Aveiro.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo