ComunicadosPolítica

M2030 questiona câmara sobre criação da Unidade Local de Saúde

O Movimento 2030 tomou conhecimento da criação da Unidade Local de Saúde (ULS) da Região de Aveiro, com a participação activa nesse processo dos Hospitais de Aveiro, Águeda, Estarreja e Ovar, ao nível do desenvolvimento do modelo económico.
Tomámos também conhecimento que no primeiro semestre de 2023 deverá ser criada a ULS de Entre Douro e Vouga, servindo a população dos municípios da Feira, São João da Madeira, Arouca, Vale de Cambra, Oliveira de Azeméis e parte de Castelo de Paiva. Desta forma, o Centro Hospitalar e as diferentes unidades de saúde terão uma gestão integrada.
O Movimento 2030 tem conhecimento de todo o esforço que tem sido feito pelo Hospital de Ovar para evitar o seu encerramento, sendo que conseguiu instalar o seu bloco operatório, o qual tem sido decisivo para a sua afirmação no panorama da saúde, onde tudo parece importante menos o bem-estar e serviços prestados aos nossos munícipes.
Perante toda a informação que estamos a receber, enviamos um email ao gabinete de apoio à presidência onde fizemos as seguintes questões ao Sr. Presidente da Câmara Municipal de Ovar;
1. Foi ouvido de forma formal ou informal sobre qual ULS deveria o Concelho de Ovar integrar? Se foi, qual a sua posição?
2. Enquanto vice-presidente da CIRA, foi ouvido de forma formal ou informal sobre qual ULS que deveríamos integrar? Se foi, qual a sua posição?

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo