DesportoFutebolSlider

Maceda: Jovem que morreu tinha “um quadro clínico complexo”

Um jovem de Maceda que faleceu, esta manhã, no Hospital de São Sebastião, estava infectado com o Codiv-19, confirmou a Ministra da Saúde, Marta Temido.

Na conferência de imprensa diária com a ministra e com a Directora-Geral da Saúde foi confirmado que o jovem estava infectado com o novo coronavírus, mas que as causas de morte se encontram ainda “sob investigação”, pois o jovem apresentava “um quadro clínico complexo”.

“Esta criança tem uma situação complexa do seu estado clínico habitual e do seu estado agudo, ou seja, do que aconteceu nas últimas 24 horas, e apesar de ter um teste que diz que é covid positivo, a sintomatologia com que foi admitido ao hospital pode indicar outro tipo de patologia. De facto, tem covid, o que não impede de ter outras situações igualmente graves e infecciosas que estão a ser investigadas. Além disso, tinha um quadro de base que podia levar a uma alguma imunossupressão”, afirmou Graça Freitas.

O falecimento de Vitor Godinho, 14 anos, já foi confirmado pelo Centro Cultural e Recreativo de Maceda (CCRM), onde alinhava numa das equipas formação de futsal.

O menino, que sofreria de psoríase, deu entrada no hospital este sábado com sintomas graves compatíveis com a doença e foi encaminhado para a ala dedicada aos pacientes infectados com o novo coronavírus.

A notícia de que a criança morreu de Covid-19 apanhou a família de surpresa, uma vez que, segundo nos foi possível apurar, o hospital tê-la-á informado de que a causa da morte seria uma meningite.

“A vida é mesmo injusta! Não tenho palavras para expressar o que sinto neste momento”, comentou António Costa, dirigente do CCRM.

 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta