LocalPrimeira Vista

Mariana, a simpática raposa da praia

Esta imagem foi capturada em fotografia, este fim-de-semana, por Jorge Cunha e mostra uma raposa praticamente sem medo da presença humana.

Este exemplar já é conhecido de quem frequenta as praias da costa vareira (ocultamos o nome da praia por motivos de segurança do animal) e os pescadores que ali operam baptizaram-na de Mariana. E assim ficou. Ela tem na mata a sua toca, e talvez ninhada, anda por ali à caça, mas quando a comida  escasseia no pinhal vem em busca de alimento (peixe) até à praia quando ouve movimento de gente, barcos, tractor e pesca. É a xávega.

Dócil e simpática, a Mariana alimenta-se dos restos, mas os homens e mulheres da faina também lhe dão alimento e ela já é um símbolo da praia.

O concelho de Ovar contém uma grande biodiversidade e a questão que se coloca é que é preciso protegê-la.

No âmbito da cooperação técnico-científica entre a Câmara Municipal de Ovar – Divisão de Ambiente, a Universidade de Aveiro – Departamento de Biologia (Unidade de Vida Selvagem – Wildlife Research Unit) e a Cafetaria do Parque Ambiental do Buçaquinho, destinado ao levantamento, conservação e divulgação da fauna na região Norte do Concelho de Ovar, foi registada em vídeo a visita de uma gineta junto à Barrinha de Esmoriz.

A gineta é um mamífero carnívoro do tamanho aproximado ao de um gato doméstico, com o corpo alongado, patas curtas e cauda muito longa, aos anéis negros e brancos.

É uma espécie solitária e de hábitos exclusivamente nocturnos, daí passar tão facilmente despercebida, mesmo sendo uma espécie comum. Tem a capacidade de trepar agilmente às árvores e é um caçador generalista que se alimenta de pequenos mamíferos e aves selvagens.

Veja aqui o vídeo.

 

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo