Publicidade
CiclismoDesporto

Marlene Gonçalves discreta na Volta a Portugal Feminina

A ciclista valeguense Marlene Gonçalves, da UC Melgaço e Ponte da Barca, alcançou o top50 no prólogo da Volta a Portugal feminina, que decorreu na quinta-feira, em Lisboa.

A atleta vareira do clube minhoto fez o Contrarrelógio de 5,3 quilómetros em 8.58 minutos, ficando a 54s da vencedora, Miryam Nuñez (Massi-Tactic).

A ciclista russa Valeria Valgonen (Massi-Tactic) viria a conquistar a terceira edição da Volta a Portugal feminina, após vencer a quarta e última etapa da prova.

publicidade

A camisola amarela foi a melhor no final dos 84,4 quilómetros entre Murtosa e Gondomar, disputados ontem quase sempre debaixo de chuva, cortando a meta com o tempo de 2:18.11 horas, à frente de Marina Garau e Susana Pérez, ambas ciclistas da Cantabria Deporte-Rio Miera, respetivamente segunda e terceira.

Valeria Valgonen sucedeu, no palmarés da Volta a Portugal feminina, a Raquel Queirós, vencedora em 2021, e a Nathalie Eklund, primeira classificada em 2022.

Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo