Primeira VistaSaúde

Maternidade do Hospital de Ovar encerrou… há 23 anos

Fixe este número: 23. O número de anos que passaram desde que a Maternidade foi encerrada no Hospital Dr. Francisco Zagalo. Num momento em que tantas maternidades do país encerram temporariamente e os profissionais pedem escusa de responsabilidade, convém não esquecer que a população de Ovar se viu privada desta valência hospitalar há mais de vinte anos.

Em 1999 de nada valeram as manifestações de protesto convocadas por um movimento cívico criado para impedir o fecho da valência do Hospital.

Muitos foram os cartazes e as palavras de protesto que se viram e ouviram. Em vão. De nada valeu a luta dos líderes partidários, Vítor Correia de Almeida (CDS) e Miguel Viegas (PCP), que se encarregaram de expor os argumentos contra o fecho da maternidade que seria abrir um precedente para, aos poucos, se ir encerrando o hospital.

Dizendo perceber os receios da população, Armando França (PS), na altura a presidir aos destinos do Município, apontou responsabilidades no processo ao PSD de Cavaco Silva e frisou que não foi uma lógica economicista que presidiu o processo, mas sim recomendações expressas da Organização Mundial de Saúde e da Comissão Nacional de Saúde da Mulher e da Criança. “Não era nossa vontade que a maternidade saísse de Ovar e não é sobretudo verdade que se trata de um precedente com vista a encerrar, lentamente, o hospital”, garantiu o autarca.

Apesar dos protestos da população local, a maternidade do hospital de Ovar e todos os serviços que lhe estavam associados, como planeamento familiar, cirurgia ginecológica e exames ecográficos foram encerrados em Maio de 1999. A qualidade dos serviços prestados era reconhecida pelas utentes e realizavam-se 800 partos por ano nesta maternidade.

O encaminhamento das utentes passou a ser feito para o Hospital da Feira, com os problemas acrescidos de concentração de serviços nesta unidade hospitalar ocasionando listas de espera para intervenções cirúrgicas ginecológicas, o que não acontecia anteriormente.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo