Empresas

Medalha de prata do Ecotrophelia Europe em 2022 para… Handy Rice

Handy Rice – um snack desidratado à base de arroz e yacon, proposto por alunos das universidades de Aveiro (UA) e Coimbra – conquistou o segundo lugar na competição que juntou estudantes universitários de 15 países europeus, a 17 de outubro na SIAL Paris. O prémio maior foi para a Sérvia.

Na edição de 2020, o preparado fermentado OrangeBee, desenvolvido por duas alunas da UA, foi o vencedor do
Prémio Ecotrophelia Portugal e do Prémio Ecotrophelia Europe.

Na edição de 2020 o preparado fermentado OrangeBee, feito à base de aquafaba e de pólen, desenvolvido por duas alunas da Universidade de Aveiro, foi o grande vencedor do Prémio Ecotrophelia Portugal e do Prémio Ecotrophelia Europe. Este ano a Universidade de Aveiro em conjunto com a Universidade de Coimbra,
regressa ao pódio do Ecotrophelia Europe, a maior competição europeia de eco-inovação alimentar.

O snack Handy Rice resulta do trabalho conjunto de três estudantes do Departamento de Comunicação e Arte e do Departamento de Química da Universidade de Aveiro e da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra.
Bruna Antunes, Patrícia Godinho e Rafaela Vieira são as estudantes responsáveis pela criação do snack que valoriza os subprodutos do yacon, através da utilização das raízes partidas resultantes da sua colheita, sendo o
xarope deste produto uma solução eficaz para a sua rentabilização. Da equipa fazem ainda parte, Pedro Fernandes e Cláudia Albino, Sílvia Petronilho e Manuel A. Coimbra.

O resíduo de polpa produzido durante a sua formulação é também utilizado nos snacks Handy Rice. Na embalagem são utilizados subprodutos do arroz, com a formulação de um filme biodegradável à base de amido.

O Prémio Ecotrophelia promovido e organizado desde 2017 pela PortugalFoods,
decorre com o apoio de várias entidades do setor agroalimentar e com o Alto
Patrocínio da Presidência da República, tem como ambição promover a inovação
e o empreendedorismo no setor agroalimentar europeu. Destinado a equipas
multidisciplinares de 2 a 6 estudantes do ensino superior, o Prémio Ecotrophelia visa o desenvolvimento de um produto eco-inovadores do futuro – do conceito, formulação, produção, packaging, até aos planos de marketing, negócio e vendas, sem descurar as vertentes nutricional e sensorial.

Na edição do concurso Ecotrophelia Europe 2022, estiveram envolvidos 15 finalistas de vários países: Eslovénia, Holanda, Alemanha, Islândia, Croácia, França, Dinamarca, Itália, Espanha, Reino Unido, Grécia, Bélgica, Portugal e
Sérvia.

O primeiro prémio, nesta edição, foi ganho pela Sérvia – Academy of Applied Studies Belgrade – e a Serbian Association of Food Technologie (SAFT), com o produto Beetscuits, e o terceiro lugar foi para Dinamarca – Technical Universityof Denmark, National Food Institute DTU Food, com o produto Crrrunchies.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo