Empresas

Mercado móvel continua em constante evolução

Aplicação do momento chega, finalmente, aos Andróides

Desde que a tecnologia se tornou uma realidade na nossa vida que um dos sectores que mais se reinventou e cresceu foi, sem dúvida, o mercado do telemóvel.

Longe vão os tempos onde um telemóvel servia apenas para fazer e receber chamadas. Actualmente, o mercado dos smartphones compete para se destacar no equipamento com a melhor câmara, o melhor processador que permita correr jogos de topo, ou até no sistema operativo que permita usar as aplicações do momento.

O aparecimento das redes sociais foi outro marco importante da era tecnológica que mudou a forma como nos relacionamos, trazendo para o mundo online aquilo que antes fazia apenas parte do que era pessoal.

Quando a 4 de fevereiro, Mark Zuckerberg criou, com os seus colegas de quarto, a rede social Facebook, provavelmente estaria longe de imaginar o ‘boom’ que ela teria. Hoje, 17 anos depois, o Facebook contínua na liderança das redes sociais, mas não está sozinha, tendo que competir agora com novas redes sociais que são criadas todos os anos.

Clubehouse com início explosivo só agora chega ao Android
A rede social Clubehouse foi uma das criações mais recentes que mais burburinho causou, muito pela exclusividade de funcionar apenas em iOS e por ser acessível apenas por convite.
Esta aplicação ganhou imensa popularidade após ter atraído personalidades como Elon Musk, o CEO da Tesla, ou a apresentadora Oprah Winfrey, sendo avaliada muito rapidamente em cerca de 4 mil milhões de euros. No entanto, a aplicação que causou imenso furor no ano de 2020 parece ter caído drasticamente nos últimos meses.

Só o tempo dirá se a aposta da ‘start up’ em lançá-la no sistema operativo Android é suficiente para que esta volte às luzes da ribalta, o facto é que este tempo de espera deu espaço para que outros gigantes como o Facebook, Spotify, Twitter ou Linked in desenvolvessem ofertas semelhantes para competir com o Clubehouse.

Tik Tok um verdadeiro fenómeno mundial
A rede social Tik Tok foi outro grande sucesso mundial, especialmente nas faixas etárias mais jovens, que viram nesta nova cultura digital de vídeos curtos a forma ideal para se expressarem e comunicarem.

A estratégia do Tik Tok foi diferente do Clubehouse, sendo lançada para os sistemas operativos iOS e Android em simultâneo e com um sucesso mundial capaz de abalar o trono de gigantes como Facebook ou Instagram.

A aplicação Tik Tok atingiu no início de 2019 a marca de um bilião de downloads em todo o mundo, fazendo dela a 7.ª aplicação mais usada na última década.

As marcas com os olhos postos no mercado mobile
O facto do mercado ‘mobile’ impulsionar o desenvolvimento de aplicações exclusivas para funcionarem em dispositivos móveis, mostra que é aqui que a maioria dos consumidores se encontra, o que faz com que as marcas canalizem a sua comunicação para este mercado.
Ao contrário do que acontecia no passado, é cada rvez mais comum as marcas optarem por divulgar os seus produtos ou serviços através de influencers digitais nas redes sociais.

Um influencer digital com grande alcance nas redes sociais, como Instagram ou Tik Tok, pode chegar a mais pessoas levando-as a adquirem determinado produto ou serviço do que o que um anúncio televisivo consegue atualmente.

Este fenómeno do crescimento mobile é visível também na forma como determinadas marcas passaram a oferecer os seus serviços aos consumidores, sendo cada vez mais comum vermos empresas a marcar presença exclusiva online, desenvolvendo, inclusivamente aplicações específicas para este mercado.

As companhias de seguros como a OK Teleseguro, ou as agências de viagens como a e-dreams ou a Geo Star, são exemplos de serviços com funcionamento exclusivo online que conseguem muitas vezes oferecer preços mais competitivos exatamente por não possuírem custos associados à presença de um espaço físico.

Também as plataformas de jogo online, como a National Casino ou a White Lion, disponíveis na casinos.pt, ainda que noutro sector de negócio, são bons exemplos de empresas que cedo entenderam a necessidade de investir na optimização do mercado mobile, exactamente por ser aí que cada vez mais jogadores se encontrarem. Por outro lado, empresas que já marcavam presença online como a plataforma de streaming Netflix, por exemplo, rapidamente perceberam que teriam de colocar a sua plataforma igualmente funcional nos dispositivos móveis.

Estes exemplos mostram a clara tendência do mercado e a necessidade das marcas conseguirem acompanhar, algo que provavelmente o Clubehouse demorou demasiado tempo para entender.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta