Empresas

Mercadona investe 18 milhões na digitalização dos seus processos financeiros

A Mercadona avança com a transformação digital e investe mais de 18 milhões de euros na digitalização dos seus processos financeiros. A empresa migra estes processos para o sistema SAP S/4HANA y SAP Fiori, com o objetivo de os otimizar homogeneizando as aplicações e um grande volume de informação
tornando-a mais acessível através da cloud.

Esta melhoria afeta mais de 200 trabalhadores da empresa, os quais já receberam mais de 5.000 horas de formação e que podem aceder à informação de forma ágil e eficaz, e iniciou-se nos finais de 2019 em colaboração com a Sothis como principal fornecedor.

Diego Solá, diretor de aplicações financeiras da Mercadona, explica que se otimizou todo o ciclo financeiro da empresa, assim como “as vendas em loja, os pagamentos aos fornecedores ou a gestão da tesouraria, contando assim com um sistema unificado que permite uma maior capacidade de partilha de informação, a melhoria na qualidade dos dados em tempo real e a escalabilidade dos sistemas da empresa”.

M.ª Jesús Iserte, diretora de processos financeiros da Mercadona, destaca que esta implementação ajudará a melhorar “a gestão financeira da empresa e, com isso, reforçar a qualidade do serviço prestado aos nossos “Chefes” (como internamente a empresa designa os seus clientes), partindo de um maior controlo e otimização dos processos financeiros”.

Raúl Martínez, CEO de Sothis, destaca que “foi muito importante para a nossa empresa colaborar com um líder da economia digital e da otimização de processos financeiros como a SAP. E, especialmente, fazê-lo no âmbito de um projeto tão importante para a Mercadona, que, graças ao trabalho realizado conjuntamente, conseguiu melhorar a gestão da sua informação financeira e dos seus processos, aproveitando o potencial da
cloud, é muito importante para a nossa empresa”. A Mercadona, quer também destacar o grande trabalho realizado por outros fornecedores, como é o caso da Stratesys e da Capgemini, tendo em conta que para levar a cabo esta digitalização foram implicados mais de 100 profissionais da Mercadona e fornecedores informáticos.

Captação de talento para a brutal transformação digital
A digitalização é um dos grandes desafios nos quais a empresa está a trabalhar. De facto, em 2019, a empresa concluiu a primeira fase de digitalização dos supermercados ao torná-los mais eficientes, produtivos e sustentáveis. Para levar a cabo este projeto de transformação digital tão necessário, a Mercadona continua com o seu processo de captação de talento, interna e externamente, o que lhe permitiu incorporar mais de 300
pessoas no departamento de informática entre 2019 e 2020.

  • Para o desenvolvimento desta melhoria, a empresa contou com a colaboração da Sothis como principal fornecedor, bem como da SAP, Stratesys e Capgemini. Ao todo, o processo envolveu mais de 100 profissionais da Mercadona e fornecedores informáticos.
  • Esta mudança permite otimizar os processos financeiros da empresa ao homogeneizar as aplicações e um grande volume de informação para torná-la mais acessível na cloud.
  • Esta medida afetará mais de 200 trabalhadores da Mercadona, os quais já receberam mais de 5.000 horas de formação.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta