Local

Monitorização do tipo de resíduos e pesquisa de microplásticos na Praia do Furadouro

No passado dia 1 de Outubro os Amigos do Cáster procederam à identificação dos
principais tipos de resíduos presentes na praia do Furadouro, num sector de amostragem
com a extensão de 500 metros, na zona Sul da praia.

O principal objectivo desta actividade é a caraterização do tipo de lixo encontrado, tendo em atenção as tendências relativas à quantidade dos tipos de lixo, seriados de acordo com a sua composição, origem
e distribuição espacial na praia: linha de maré, zona entre marés e zona supratidal.

A contagem das unidades dos diferentes tipos de lixo identificados permitiu
estabelecer a abundância total e a seriação por categoria. Verificámos que os resíduos
associados a equipamentos de pesca (fragmentos de redes, cordas e armadilhas) são os
que se apresentam em maior abundância, seguindo-se os resíduos de plástico com origem
em meio urbano (embalagens de alimentos, sacos de plástico), beatas de cigarro, porções
de esferovite, material sanitário (cotonetes), material médico (seringas) e têxteis (peças
de vestuário). A zona entre marés foi a que se apresentou com maior quantidade de
resíduos.

Assim, manteve-se a tendência já observada em 2021, na primeira edição desta
actividade, que os Amigos do Cáster pretendem regularmente repetir, no âmbito do nosso
Programa de Sensibilização Ambiental.

Procedemos também a uma pesquisa de fragmentos de plástico de reduzidas
dimensões, no areal da praia, utilizando crivos granulométricos, tendo-se verificado a
presença de alguns destes fragmentos plásticos misturados com a areia.

Perante estes resultados apelamos a todos os que frequentam as nossas praias que
colaborem na manutenção da limpeza do areal, transportando os resíduos produzidos e
colocando-os nos ecopontos mais próximos.

Para as beatas de cigarro será muito importante a distribuição pela praia de recipientes destinados para as recolher, associados a soluções individuais de recolha (cinzeiros improvisados). As pontas de
cigarro são um dos resíduos mais abundantes no planeta, perigosos agentes de poluição
do ambiente terrestre e marinho pela quantidade de produtos químicos que contêm
associados aos filtros, com especial relevância para os microplásticos que entram na sua
composição. São assim uma ameaça à biodiversidade e também à saúde humana!.

 

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo