Publicidade
Cultura

Movimento Cuidar dos Cuidadores Informais esclarece em Ovar

O Movimento Cuidar dos Cuidadores Informais está a percorrer Portugal de Norte a Sul para dar resposta às necessidades dos Cuidadores, com o apoio da Merck.
A sessão para esclarecer dúvidas decorre em Ovar e tem o apoio da Segurança Social, cujo objectivo é a divulgação de informação útil sobre o cuidador e a pessoa cuidada, evidenciando os seus direitos, benefícios e medidas de apoio existentes.
De acordo com um estudo levado a cabo pelo Movimento Cuidar dos Cuidadores Informais, mais de metade dos cuidadores portugueses, 51,8%, sente necessidade de formação.
No próximo dia 6 de Julho, pelas 14h30, a Escola de Artes e Ofícios de Ovar recebe a terceira de inúmeras Sessões de Esclarecimento que o Movimento Cuidar dos Cuidadores Informais está a organizar por todo o país, durante este ano, com o apoio da Rede de Autarquias que Cuidam dos Cuidadores Informais (RACCI), da qual a Câmara Municipal de Ovar faz parte desde 2021.
Durante a sessão, os presentes vão contar com a intervenção de várias associações que têm como objectivo ajudar os Cuidadores Informais na sua tarefa, que é cuidar, trabalhando de perto com os mesmos.
A conversa contará com o apoio da Palmira Martins, Assistente Social em representação do Movimento, com o testemunho das equipas do Projeto Juntos no Cuidar, da Santa Casa da Misericórdia de Ovar e ainda com um representante da Associação Fraterna de Prevenção e Ajuda, que se juntam ao Movimento Cuidar dos Cuidadores Informais para esclarecer as demais dúvidas e necessidades dos Cuidadores e da sua rede de apoio.
“A duas sessões já realizadas foram um sucesso pois juntaram centenas de cuidadores que viram todas as suas dúvidas esclarecidas, relativamente ao Estatuto do Cuidador Informal”.
“Ovar é o terceiro de muitos municípios que ainda vamos percorrer porque não vamos desistir de caminhar ao lado dos doentes e dos seus cuidadores ”, refere Pedro Moura, Diretor-Geral da Merck Portugal.
O encontro é destinado a todos os cuidadores informais, profissionais de saúde, farmacêuticos, assistentes sociais, não necessitando de inscrição prévia.

Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo