LocalSlider

Movimento recolheu mais de 800 Kg de lixo do Furadouro

Segundo números avançados pelo Movimento Salvar o Furadouro (MSF), terão estado na praia, na acção de limpeza deste sábado, cerca de 80 pessoas que recolheram para cima de 800 quilos de lixo do areal.

Rui Teixeira Valente, do movimento, estava contente com a adesão: “A participação foi excelente e agradecemos a todos terem participado”.

Apesar do sucesso da acção de limpeza, Rui Teixeira Valente diz que “não esquecemos o problema de erosão da nossa praia”. No entanto, foi avisando que o movimento é “apenas uma plataforma de debate que pretende salvaguardar e preservar o Furadouro”. “O resto fica com as entidades competentes”, lembrou.

Os Amigos da Natureza da Yazaki Saltano estiveram de mãos dadas com a operação de limpeza pelo que o movimento vai retribuir no próximo dia 26 numa acção idêntica no pinhal junto da unidade fabril.

Presente na iniciativa, Bruno Oliveira, presidente da União das Freguesias de Ovar, elogiou a organização mas não escondeu alguma apreensão no que toca ao anunciado início das obras de defesa da praia. “Os trabalhos vão ter uma duração de 4 meses e espero que não ponham em causa a época balnear e a própria Bandeira Azul”.

O líder da UFO espera que quem está a planear a intervenção tenha ponderado que as máquinas “vão andar a trabalhar em plena época balnear, podendo pôr em causa a segurança de veraneantes e a dinamica económica, pois o comércio local aguarda esta época do ano para trabalhar”.

Depois de verificar que o areal é diminuto para a época balnear, Bruno Oliveira aponta que as areias do Porto de Aveiro, que estão a ser cedidas a custo zero para alimentarem as Praias da Barra e da Costa Nova, podem ser uma boa solução a aproveitar.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo