Publicidade
LocalPrimeira Vista

Mulher mordeu agente da polícia e foi detida

A PSP de Ovar foi solicitada a comparecer numa residência, no passado domingo, por ali estarem a decorrer desavenças familiares.

No local, uma mulher, de 51 anos, não acatou as ordens do polícia, injuriando-o e ameaçando-o, tendo-o, também, mordido num braço, dificultando, assim, a intervenção policial.

Foi solicitada a presença de uma ambulância dos Bombeiros Voluntários de Ovar, que fizeram o transporte da vítima, um homem, de 59 anos, por apresentar vários golpes na testa, dos quais sangrava.

publicidade

A mulher, que acabou detida, apenas apresentando hematomas na face, recusou tratamento médico imediato. O polícia foi de igual forma transportado para o hospital local, a fim de receber tratamento ao ferimento causado pela detida.

Eram visíveis vários objetos de vidro partidos e mobiliário danificado no interior da habitação. A detida foi presente ao Tribunal de Ovar.

Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo