LocalSlider

Município adere ao Programa Cidades Amigas das Crianças da UNICEF

Ovar tem a companhia de mais 34 Municípios na adesão ao Programa Cidades Amigas das Crianças da UNICEF em 2016.

Nesta iniciativa internacional promovida no nosso país pelo Comité Português para a UNICEF, os Municípios de Portugal Continental e Regiões Autónomas que quiserem aderir Programa Cidades Amigas das Crianças (CAC) poderão fazê-lo até 31 de Março de 2017, data em que termina o prazo que decorre desde o início do ano.

Tendo como principal objectivo contribuir para a realização dos direitos da criança ao nível local, o Programa CAC defende que investir nas crianças e nos jovens é um elemento essencial para o seu desenvolvimento como cidadãos activos e responsáveis e para a construção de cidades mais prósperas e sustentáveis.

O Programa, que proporciona um enquadramento para o trabalho em rede entre diferentes departamentos e entidades públicas e privadas, visa contribuir para o desenvolvimento saudável, a educação e a participação efectiva das crianças e adolescentes na sua comunidade através da promoção e implementação de políticas municipais eficazes.

Em 2016, aderiram à iniciativa 35 Municípios de diversos pontos do país, assumindo o compromisso de promover o bem-estar e os direitos dos seus cidadãos mais jovens.

O Comité Português para a UNICEF, através do Programa CAC, pretende facilitar a troca de experiências e colaborar com os municípios no desenvolvimento de planos locais, bem como, reconhecer o seu trabalho em prol das crianças e jovens.

O executivo já aprovou, por unanimidade, a constituição do “Mecanismo de Coordenação”, ou seja, de um Grupo Coordenador a quem caberá delinear, acompanhar e avaliar a implementação do Programa Cidades Amigas das Crianças no concelho de Ovar, bem como elaborar o PAL – Plano de Ação local.

O presidente da autarquia, Salvador Malheiro, relembra que assumiu “um compromisso de grande responsabilidade que nos obriga a repensar o território e as políticas municipais”, garantindo que “já estamos a trabalhar nesse sentido, mas o caminho é longo”.

Municípios que aderiram ao Programa CAC:

Águeda; Alcanena; Alfândega da Fé; Alvito; Arganil; Boticas; Braga; Cantanhede; Cascais; Castro Marim; Constância; Funchal; Gondomar; Gouveia; Guarda; Guimarães; Lisboa; Madalena do Pico; Miranda do Corvo; Ovar; Penacova; Pombal; Ponte da Barca; Ponte de Sor; Porto; Póvoa de Lanhoso; Santa Maria da Feira; Santa Marta de Penaguião; Seia; Torres Novas; Vendas Novas; Viana do Castelo; Vila Pouca de Aguiar; Vila Real de Santo António; e Vila Verde.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta