Local

Município dialoga com Ministério da Solidariedade, Emprego e Segurança Social

O vice-presidente Domingos Silva garantiu, esta noite, que a Câmara Municipal está em diálogo estreito com a Segurança Social no sentido de validar o pagamento a 100% a todos os residentes e trabalhadores em Ovar que se viram impedidos de trabalhar por força da prorrogação da contenção geográfica.

Salvador Malheiro, por seu lado, garantiu que “os trabalhadores de Ovar impedidos de trabalhar e também aos que, sendo de fora do concelho, não puderam laborar, fica aqui o esclarecimento de que todos receberão por inteiro por parte da Segurança Social, no âmbito das regras do isolamento profilático, durante a vigência completa do nosso estado de calamidade pública.”

O autarca diz ter tido “oportunidade de explicar à ministra [do Trabalho e da Segurança Social] que não existem dois estados de calamidade em Ovar, mas sim um único, que foi prolongado”.

Declaração do Vice-Presidente da Câmara Municipal de Ovar

Situação de Calamidade do Município de Ovar Declaração do Vice-Presidente da Câmara Municipal sobre a entrada em vigor do Despacho nº 4394-c/2020, que reconhece o funcionamento de estabelecimentos industriais no Município de Ovar e respetivas regras, bem como um esclarecimento sobre o pagamento aos trabalhadores de Ovar pela Segurança Social no período da contenção geográfica.

Publicado por Câmara Municipal de Ovar em Terça-feira, 14 de abril de 2020

 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta