Cultura

Município renova agenda para a Cultura

Potenciar a identidade local, qualificar os agentes do município, consolidar a aprendizagem criativa e fomentar a atratividade e competitividade do território são os quatro vetores da Agenda Cultural do Município de Ovar para o primeiro trimestre de 2020.

Assim, no âmbito do primeiro vetor, a valorização da identidade local, a Câmara Municipal de Ovar apresenta na sua programação a secular tradição do Cantar os Reis (05 e 06 de janeiro), a Vitamina da Alegria – Carnaval de Ovar (de 01 a 25 de fevereiro) e as duas primeiras e imponentes Procissões Quaresmais, das Cinzas e do Encontro (08 e 22 de março), com a importância cultural e turística (para além da Fé, para os crentes) de que se reveste o período da Quaresma em Ovar.

Prosseguindo a estratégia de qualificação e valorização dos agentes locais, esta edição do Carnaval conta com o mais famoso “bloco” de percussão do Brasil – o Monobloco – que, durante uma semana, vai dinamizar uma oficina de percussão com a comunidade carnavalesca local, alargada aos outros carnavais do país, que culminará com um grande espetáculo de abertura do Carnaval de Ovar 2020.

Através do programa EIXO – Programação para Crianças e Jovens e Mediação de Públicos – a autarquia vareira vai continuar a investir na aprendizagem criativa, dentro e fora da Escola, através de espetáculos, oficinas, workshops ou ações de formação, assumindo este Programa como um pilar estratégico de desenvolvimento da sua comunidade, base de construção de uma cidadania cada vez mais ativa, mais participativa e mais capaz.

Por fim, e com vista à promoção da maior atratividade e competitividade do território, a presente programação conta com diversas propostas na área do turismo e traz ao Centro de Arte de Ovar espetáculos como “Capitão Fausto”, “A Criada de Zerlina” de João Botelho, que conta com a magnífica interpretação de Luísa Cruz, vencedora do Globo de Ouro de Melhor Atriz de Teatro pela sua participação nesta peça, terceiro Globo da sua carreira ou “The Gift”, que vão trazer o seu Verão.

De sublinhar que a “nova” Agenda Cultural do Município de Ovar se apresenta com nova imagem e conteúdos mais abrangentes, englobando a programação dos equipamentos culturais (Centro de Arte de Ovar, Museu Júlio Dinis, Biblioteca Municipal de Ovar, Museu Escolar Oliveira Lopes e Escola de Artes e Ofícios), mas também os eventos que acontecem na rua, nas praças e nos diferentes espaços do concelho. A promoção do território faze-se, hoje, com eventos e ações de várias áreas de atuação municipal, muitos deles multidisciplinares, que devem ser promovidos e divulgados, também, através da agenda Ovar/ Cultura.

Para o vereador da Cultura da Câmara Municipal de Ovar, Alexandre Rosas, esta agenda “apresenta uma programação cultural diversificada, qualificada e envolvente, de modo a oferecer ao Município e à região uma dinâmica que permita potenciar o consumo e fruição cultural, fidelizar e formar públicos e promover a circulação de novas produções e criações artísticas”, acrescentando que “a Câmara Municipal de Ovar vai continuar a promover e a valorizar o seu património cultural, potenciando a identidade local, qualificando os seus agentes, incrementando a aprendizagem criativa e, seguramente, fomentando a atratividade e competitividade do território.”

Consulte a Ovar/Cultura – Agenda do Município de Ovar aqui.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta