CulturaSlider

Museu leva “A Coleção” a Cortegaça

Numa parceria com a Junta de Freguesia de Cortegaça o Museu de Ovar vai realizar a sua maior exposição, “A Colecção”, com base nas coleções do seu acervo no âmbito da pintura (aguarelas, óleos e gravura), fotografia, arte africana, escultura cerâmica e arte sacra. Uma mostra que vai decorrer entre os dias 10 e 30 de junho, nas instalações de uma antiga fábrica de cordoaria em Cortegaça (Largo da Graça/Rua do Monte,11), com inauguração no sábado à tarde.

Este evento descentralizado, com patrocínio da Junta de Cortegaça, através do qual o Museu de Ovar divulga as obras de arte de muitos artistas de diferentes gerações, pretende ser uma homenagem aos industriais, tendo mesmo como Comissário da exposição o antigo industrial, Acácio Coelho, estando a Curadoria da mesma a cargo de Carmo Diogo.

A exposição “A Coleção” vai estar aberta à comunidade local, nomeadamente a escolar, com um programa de actividades que incluirá momentos de debate e eventos sobre o património.

Do vastíssimo leque de artistas que vão estar representados com obras de arte que fazem parte do espólio do Museu, podem-se enumerar: Abel Manta, Abel Salazar, Alberto Carneiro, Alberto Cutileiro, Luís Ferreira de Matos, Dórdio Gomes, Arlindo Fagundes, Artur Bual, Luís Darrocha, Luís Demee, Guilherme Camarinha, Augusto Canedo, Aurora Libório, Beatriz Campos, Marianna Mosconni, Roque Gameiro, Mário Portugal, Pomar, Jorge Barradas, Querubim Lapa ou ainda na arte da fotografia, Rui Palha, Rui Pires ou Jorge Bacelar, entre tantos outros nomes que integram as vastas coleções do Museu de Ovar e que vão poder ser admirados num ambiente recheado de simbolismo na história da industria tradicional de Cortegaça.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta