Guerra da Ucrânia

Músico ucraniano assassinado após recusa em tocar em concerto

Yuriy Kerpatenko terá rejeitado um convite para participar com a sua orquestra num concerto organizado pelas forças russas para “demonstrar o suposto clima de paz” que se vive na cidade. Depois, apareceu morto a tiro na própria casa, revela o Ministério da Cultura de Kyiv numa publicação na rede social Facebook.

Depois da ocupação, o músico ter-se-á recusado a deixar Kherson.

Kerpatenko trabalhava na Filarmónica Regional de Kherson desde 2000. Em 2004, tornou-se o principal maestro do Teatro de Música e Drama Mykola Kulish Kherson e foi o principal maestro da Orquestra de Câmara de Gileya, refere a mesma publicação.
O evento estava marcado para 1 de outubro, mas o maestro “recusou categoricamente cooperar com os ocupantes”.

A Rússia vai ajudar a organizar a retirada de civis da zona de Kherson, no sul da Ucrânia, após um pedido da administração russa de ocupação na região. O chefe da administração regional de ocupação de Kherson, no sul da Ucrânia, Volodymyr Saldo, pediu, na quinta-feira, aos civis que saiam do local, citando ataques diários de forças ucranianas que continuam a avançar no terreno.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo