LocalPrimeira Vista

Na rua Camilo Castelo Branco não passam viaturas de emergência

Uma situação insólita aconteceu recentemente no cruzamento da Rua Camilo Castelo Branco com a Rua Teófilo Braga, quando uma viatura do INEM não conseguiu prosseguir a sua marcha. O caso é denunciado pelo BE de Ovar,  considerando que o “obstáculo na via é resultante de eventual erro de planeamento urbanístico, já que naquele local se obriga a fazer manobra de inversão de marcha para prosseguir viagem”.

“Estando a baía de estacionamento ocupada, este tipo de viaturas não tem espaço suficiente para passar à primeira, sem manobras para contornar tal obstáculo”, o que causa transtornos evidentes no caso de se tratar de uma emergência tal como a designação da ambulância indica.

O BE quer ver esta situação esclarecida e resolvida, tendo já enviado ao vereador do Urbanismo e Planeamento, da Câmara Municipal de Ovar um requerimento solicitando a rectificação das condições de fluidez de trânsito.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo