BasquetebolDesporto

Não há (só) razões para chorar

A AD Ovarense não merecia aquele cesto de Ricardo Monteiro, no segundo final, depois de tanto esforço num grande jogo de basquetebol entre dois dos maiores emblemas do desporto nacional.
Aos vareiros, apesar da derrota, palmas por nos terem devolvido a possibilidade de acompanhar jogos em que as nossas cores discutem resultados com os melhores até ao último suspiro.
Num jogo de grande qualidade, realce na equipa de Ovar para as prestações de Kameron Hankerson (19pts, 6res, 6ast, 1rb), Tyere Marshall (18pts, 5res, 1ast, 1rb, 5dl), Cristóvão Cordeiro (16pts, 4res, 2ast), Brandon Anderson (14pts, 3res, 6ast, 4rb) e Pedro Bastos (10pts, 3res, 1ast).
Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo