LocalPrimeira Vista

Não se confirmou interesse de imobiliária pelo campo da Ovarense

Não se confirmou o interesse de um promotor imobiliário interessado em construir um lar de idosos de luxo e o leilão, realizado na quarta-feira, em Ovar, para a venda do emblemático estádio Marques da Silva, ficou mais uma vez deserto.

A base de licitação do terreno e edificado de 19.200 metros quadrados era de 638 mil euros. O terreno inclui ainda o pavilhão gimnodesportivo com usufruto a favor da ADO Basquetebol até 2017.

A venda à ordem dos credores decorre da liquidação da Associação Desportiva Ovarense (ADO).

Segundo foi possível apurar, o administrador judicial aceita fechar negócio por negociação particular caso apareça uma proposta de meio milhão de euros, metade do valor por que foi inicialmente avaliado.

O estádio está a ser utilizado pela Associação Desportiva Ovarense Futebol, um novo clube que tem sua equipa sénior a disputar a primeira divisão distrital. (com Notícias de Aveiro)

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo