EmpresasSlider

Nova loja “80’Store” é uma aposta vareira nos vareiros

80store2Parece que foi arrancada de um ‘Shopping’ e plantada no centro de Ovar. A “80’Store” abriu, no passado sábado, e além de ser um projecto arrojado,  oferece vestuário para jovens de todas as idades.

As conceituadas marcas Salsa, Lois, Desigual, as nacionais Only, Funky Project ou as sabrinas Jelly, entre muitas outras, estão todas lá e já não é preciso sair de Ovar para encontrar aquela peça de roupa.

“Estou a tentar fazer uma coisa diferente nesta cidade”, explica Tiago Mendes, jovem empresário vareiro sem medo de arriscar em Ovar. Tiago já é o proprietário da sapataria “Pégadas” e da loja de acessórios de moda “Love”, todas na cidade de Ovar, e ainda de uma outra na praia do Furadouro.

“Eu sou vareiro e defendo que temos que dar o nosso contributo e olhar em frente. Ser optimistas”. Tiago Mendes conta que quando anunciou que ia abrir outra loja em Ovar, “toda a gente me disse que eu era maluco”. Mas ele não entra em pessimismos. “Eu acredito nos vareiros e tenho a certeza que, mais cedo ou mais tarde, vamos todos acreditar que somos tão bons como os melhores”, sustentando que “não são só os de fora que são bons e têm coisas boas, nós também somos bons”. E até aponta exemplos: “Temos gente a fazer do melhor que há em skates, em bicicletas de madeira, só para lembrar dois exemplos recentes da nossa cidade, mas podia também apontar o Emanuel Poças que tem ganho prémios internacionais na Remax, o OlhoShot que faz um trabalho fora de portas que é fantástico”.

“Se somos bons em tanta coisa, porque não havemos de ser fortes no comércio? E eu digo sempre que isso depende de nós, vareiros”.

80store3É por isso que Tiago Mendes elevou a fasquia da qualidade para apresentar na “80’Store” o que há de melhor ao público vareiro. “Tenho mais projectos porque acredito muito nesta terra, mas só os poderei levar para a frente se os vareiros também acreditarem e acompanharem a nossa evolução”, adianta.

Tiago Mendes explica que “se crescermos, estaremos a criar postos de trabalho, riqueza para a cidade, estamos a ajudar os outros comerciantes que não estão tão bem, porque vamos atrair sangue novo para dinamizar o centro e todos beneficiarão com isso”.

O designer do “80’Store” é João Rey, “uma pessoa de Ovar que compreende as minhas ideias e vai de encontro àquilo que defendo”. Todos os que trabalham nos seus projectos são de Ovar, são vareiros. O pintor, o serralheiro, o electricista, a mão-de-obra, são todos do concelho de Ovar. “Tento sempre deixar o dinheiro no concelho, na cidade e não ir buscar lá fora para fazer cá dentro. Quero sempre ajudar os nossos, os vareiros, e esta loja teve 100% de participação de gente vareira, o que é uma aposta ganha para nós”.

O conceito “80’Store” tem a ver com anos 1980 e com o número da porta da Rua Elias Garcia, onde se encontra instalada a loja, mas também tem a inspiração dos armazéns nova iorquinos dessa época; urbanos, modernos e ‘underground’ ao mesmo tempo. “Tudo se conjugou de forma perfeita, pois esta ideia já andava na minha cabeça há algum tempo”, desvendou Tiago Mendes que ainda utilizou caixas (de fruta) de madeira de diversos tamanhos usadas na nossa terra.

80store1A inauguração do “80’Store” decorreu no passado sábado, com muitos amigos e imenso ‘glamour’, numa primeira amostra de que há uma aposta clara nos vareiros. Vários modelos masculinos e femininos vieram para a rua oferecer flores às vareiras que passavam e convidá-las a visitar a loja. Lá dentro, havia bolo e champanhe e a oferta de qualidade em roupa das melhores marcas a preços acessíveis. “Queremos que o consumidor deixe de sentir necessidade de sair de Ovar para se vestir”, confessa o empresário vareiro que já o faz ao nível dos sapatos. “Tenho pena que isso não aconteça mais, mas agora poderão juntar o calçado à roupa, porque temos em Ovar o artigo que eles vão comprar lá fora”.

O presidente da Câmara Municipal de Ovar, Salvador Malheiro, esteve presente na sessão inaugural da loja. “Esta loja encaixa-se perfeitamente na nossa estratégia municipal e vemos com muito bons olhos este tipo de investimentos para dinamização da nossa economia local”.

O autarca reitera que quer ser “parceiro dos nossos comerciantes e este é um daqueles casos que esperamos sinceramente venha ter sucesso no futuro, porque vem responder ao nosso primeiro eixo estratégico que é tornar o nosso município mais empreendedor e mais empregador”.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta