Empresas

Novo cenário económico traz cuidados associados mas favorece riscos

As taxas de juros em todo o mundo estão próximas do zero, incluindo em países em desenvolvimento que durante anos beneficiaram investidores que confiaram nessas economias.
Portanto, agora o risco está mais presente quando se procura retornos consideráveis. As acções e as bolsas de valores sempre foram a resposta imediata, mas criptomoedas e outras formas de investimento, como o mercado forex, começam a ganhar grande peso. A internet também veio a calhar nesse momento. As criptomoedas são totalmente ligadas à capacidade de acesso à rede e ao desenvolvimento da tecnologia blockchain. Em nenhum momento alguém terá um bitcoin em sua carteira ao lado de uma moeda de euro ou dólar. Tudo é virtual.

Já no caso do forex, o desenvolvimento de plataformas confiáveis e que negoceiam em tempo real de forma fácil e imediata – como o FBS broker – fez esse mercado explodir. Os retornos chamam a atenção, claro. No caso do forex é possível ter retornos enormes num só dia. O Bitcoin valorizou mais de cinco vezes entre o meio do ano de 2020 e o final, isto num cenário mundial complicado.

Porém, é claro que é preciso tomar cuidados. Risco envolve ganhos consideráveis e perdas idem.

A palavra diversificação sempre está presente na boca dos investidores por uma razão. Como já diria o antigo ditado, não se deve colocar todos os ovos no mesmo cesto. Tanto no forex como criptomoedas, esses investimentos precisam de uma estratégia maior, não ser a única forma de ganhar dinheiro no mercado financeiro, por exemplo.

Como ambos também não são regulados por entidades ligadas ao Estado, também é mais difícil lidar com golpes e ataques virtuais, que ainda estão presentes. Por isso usar uma plataforma como o FBS broker, que é segura, protege os dados e ainda ajuda na educação financeira, com manuais, cursos específicos e análise gráfica, é tão importante.

Por fim, com as leis do mercado a agir de forma mais pura e descentralizada, as turbulências são normais, assim como subidas enormes.

A entrada dos corporativos e institucionais

Quando os ganhos se tornam constantes e deixam de poder ser ignorados, os investimentos deixam de ser de nicho e tornam-se mainstream, assim como uma banda.
O Bitcoin no último ano ganhou a confiança de grandes investidores e até de fundos de investimento mais tradicionais. A chegada desse dinheiro fez o preço explodir.
O mercado de forex sempre foi de enorme movimentação, mas a popularização dele porque o acesso foi enormemente facilitado por plataformas online trouxe o assunto para a boca do povo.

Não é por acaso que as bolsas do mundo também ganharam uma grande quantidade de novos investidores. A B3, maior bolsa do Brasil, teve quase 2 milhões de novos inscritos. Em Portugal há um cenário similar. Normal: com juros baixos, acesso fácil e maior controle, quem se recusa a investir dinheiro está rasgando a possibilidade de multiplicar seus ganhos.

Essa é uma tendência irreversível. Portanto para os novos viajantes, cautela, estratégia e abertura para produtos de todos os tipos, seja os mais tradicionais como Bolsa e Títulos Públicos ou Forex e Criptomoedas. A diversificação é chave.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta