Covid-19

“O dia em que os vareiros se unem num abraço”

Presidente da República homenageou vítimas da pandemia

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse que no dia de hoje se encontram “o passado, o presente e o futuro”. “Agradeço à história antiga de Ovar que nos mostra como sempre este povo manifestou capacidade de resistência a tudo e a todos”, elogiando a capacidade de resposta do concelho e a “atitude exemplar” do povo vareiro.

De visita ao Município vareiro pela segunda vez em pouco mais de um mês, o Presidente da República fez uma cronologia dos acontecimentos, desde o momento da imposição de um cordão sanitário no concelho até ao dia em que foi levantado, o que o fez “recordar esse passado [recente], de homenagear aqueles que morreram [de covid-19], de homenagear aqueles que aqui lutaram, sobretudo durante a cerca sanitária, e de olhar para o futuro. Ovar tem grandes potencialidades – tem o mar e uma indústria muito avançada, que está a dar a volta [à crise] – e há aqui um misto de homenagem e de esperança no futuro”, declarou.

Numa cerimónia que se pautou pela sobriedade, Marcelo Rebelo de Sousa viria a receber das mãos de Salvador Malheiro a Medalha de Ouro de Mérito Municipal pelo apoio dedicado à comunidade vareira durante os 31 dias que durou o cerco sanitário a que Ovar esteve sujeito devido ao vírus SARS-CoV-2.

O Chefe de Estado agradeceu a medalha atribuída pela Câmara, considerando que o galardão é dirigido aos milhões de portugueses que “dia após dia acompanharam através da imprensa a luta, a saga e a aventura” do povo vareiro.

A visita do Presidente da República a Ovar incluiu o descerrar inaugural de uma placa de um metro quadrado em baixo-relevo dava onde se lê a homenagem “a todos os que travaram a difícil batalha contra a covid-19 no território vareiro”.

Pedro Braga da Cruz, presidente da Assembleia Municipal, alertou, na sua intervenção, “que Ovar tem cicatrizes para sarar”, enquanto o presidente Salvador Malheiro agradeceu a presença de Marcelo Rebelo de Sousa, por “estar connosco em todos os momentos”. “Obrigado por ser quem é”.

Quando tudo começou, “percebemos de imediato que este seria o desafio das nossas vidas. O povo vareiro uniu-se. Ficamos todos cheios de medo. Estávamos sós. Nada sabíamos sobre o tema. Sabíamos que cada minuto de inacção era um minuto a menos para salvar vidas”, disse o autarca, realçando que, actualmente, Ovar é dos municípios com mais recuperados e onde os casos activos “são quase nulos”.

O presidente da Câmara agradeceu aos profissionais de saúde e aos empresários vareiros que foram obrigadas a fechar durante a cerca sanitária, afirmando que podem contar com ele para exigir “uma discriminação positiva” por parte do Governo no âmbito do apoio à economia e anunciou uma redução de impostos municipais para 2021.

Vídeo integral da transmissão:

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Leia também

Close