Opinião

O Peixe é do nosso Mar – Por Lobo Mau

Ainda ontem, escrevi sob o título “Portugal, País onde tudo se compra e tudo se vende?”, sobre eventuais “comportamentos desviantes”.

Ainda não se digeriu o que foi escrito e já “Peixe e marisco usados para corromper militares da GNR em Peniche”, é notícia no Jornal Correia da Manhã. Mais um comportamento “inadequado”.

O “comes e bebes” à mistura com uns euros, também é usado para “corromper”. Numa altura em que o peixe rareia e ao “preço da morte” está, a “oferta” de uns quilos do mesmo, especialmente, de camarão e outros peixes nobres, não é coisa de desprezar.

Na notícia mais é referido que “Militares recebiam dinheiro, peixe e marisco, entre outros géneros, em troca de informações sobre fiscalizações que afetassem os empresários”.

E, assim, os “fiscais” pagos por todos nós, defendiam a legalidade e bem assim o erário público.
Lembrando, por que se falou em peixe, o que em tempos afirmou Armando Vara sobre o seu relacionamento com o “Sucateiro” Godinho: recebeu umas caixas de robalos, pelo que a moda não é nova e, quiçá, os pobres dos militares, agora em causa, seguiram o seu exemplo.

Amanhã, por que também é dia, mais haverá, do mesmo, certamente, para contar.

Lobo Mau

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo