CulturaSlider

Olga Roriz apresenta solo “A Sagração da Primavera”

A coreógrafa e bailarina Olga Roriz apresenta este sábado, no Centro de Arte, às 22 horas, o solo “A Sagração da Primavera”, estreada há cerca de um ano para celebrar centenário da apresentação do bailado criado por Nijinsky com música de Stravinsky.

Estreada em Paris em maio de 1913, com coreografia do conceituado bailarino russo Vaslav Nijinsky (1889-1950), “A Sagração da Primavera” provocou, na altura, assobios da plateia e até cenas de pugilato entre o público, obrigando à intervenção da polícia.

Depois da polémica inicial, a obra conjunta desenvolvida por Stravinsky e Nijinsky teve grande repercussão na música e na dança e acabou por figurar entre as maiores do património artístico do século XX.

“Ignorar os tabus, reescrever a história, acrescentar as referências e criar o momento. Paixão, memórias e saber, manter-se-ão intactos, serão respeitados mas sem voz, sem espaço, sem presente. Corpo a corpo num confronto nunca pacífico”, comenta no texto, sobre a nova peça.

Com 38 anos de carreira como intérprete, incluindo nove solos, Olga Roriz, 57 anos, revisita “A Sagração da Primavera” num cenário assinado por Paulo Reis.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta