Opinião

Olhem para as Rias… e para o Areínho (Sol)

[themoneytizer id=”16574-1″]

 

“O Vela, o restaurante no meio de uma ilhota na praia do Areínho, está abandonado. Um crime”, diz Mário ramires, no “Sol”. E acrescenta:

“Antes, a meio caminho entre a Torreira e Ovar, fica o Areínho (da Ria, não do Douro, em Gaia). Há lá uma ilhota que há muitos e bons anos foi restaurante e esplanada de primeira, a Vela.

O sítio é de sonho. Estar assim desperdiçado e abandonado, é um pesadelo.

Sem explicação.

Que a tem. Porque a Câmara de Ovar ainda no final de 2017 abriu concurso para a exploração do espaço por 10 anos e deu em nada.

Justificam os locais que só em impostos os encargos são tantos que não há réstia de esperança em recuperar o investimento necessário.

A começar pelo chamado imposto de recursos hídricos: é que este é proporcional à área confinante (ou até menos de 50 metros) da linha de água; ora, tratando-se de um restaurante que ocupa a ilhota toda, só de imposto mensal é um balúrdio.

Assim, continua fechado, em degradação acelerada e sem gente interessada na sua recuperação e exploração.

É um atentado. Enfim…”

Ler artigo completo aqui.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo