Local

Operação detecta seis estrangeiros ilegais na região

 

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) anunciou hoje ter identificado mais de setenta cidadãos estrangeiros, seis dos quais em situação ilegal, durante ações operacionais levadas a cabo no distrito de Aveiro.

As operações incidiram em especial nas zonas balneares e locais de maior concentração de cidadãos estrangeiros, que visitam a região, nomeadamente nos concelhos de Albergaria-a-Velha, Águeda, Ovar, Espinho e Feira.

Tendo em vista o controlo da permanência de cidadãos estrangeiros, combate ao auxílio à imigração ilegal e exploração de trabalho estrangeiro não declarado, foram fiscalizados locais na orla costeira, interfaces de transportes, e estabelecimentos comerciais e de restauração.

Dos seis cidadãos identificados em situação ilegal, um foi detido por permanência ilegal e foi presente ao Tribunal de Águeda, tendo-lhe sido instaurado procedimento de afastamento coercivo, dois foram notificados para abandonar voluntariamente o território nacional, e um foi notificado da decisão de expulsão, tendo agora 10 dias para sair do país.

Os dois restantes poderão regularizar a permanência no país, sendo notificados para comparecerem nos serviços administrativos do SEF.

Foram ainda instaurados dois processos de contraordenação às entidades patronais que empregavam mão-de-obra estrangeira ilegal e não declarada, cujas coimas podem chegar aos 20 mil euros.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo