ESPECIAL FESTA 2017Slider

Orquestra Clássica Inventada para a FESTA

A Orquestra Clássica Inventada também vai ajudar à FESTA. Resulta de um desafio lançado ao clarinetista Ivo Pinho, que para o efeito apostou na “fusão da música clássica com sonoridades representativas de outros países”, como o tango, o samba, os ritmos africanos e os estilos do Leste europeu.

Um projecto que pretende encontrar o denominador comum entre todos estes estilos musicais, que normalmente se encontram afastados por questões sociais, culturais e geográficas, através do elemento aglutinador que é a universalidade da música clássica.

A Orquestra Clássica Inventada irá deambular, em formato reduzido, pelas diversas zonas de Ovar, nos dias 21 e 22 de Julho, antes de encerrar o festival com um concerto no dia 23 de Julho, às 21h30, na Praça das Galinhas, com um total de 17 músicos que, segundo o clarinetista e maestro Ivo Pinho, prometem retirar clássicos como a “Carmen” de Bizet dos seus habituais lugares de “intocáveis”: “Bach no Brasil, Bizet na Argentina, Stravinsky em África”.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta