LocalPrimeira Vista

Portugal 2020 aprova financiamento do “Ovar Bikesharing”

O Programa Portugal 2020 aprovou um financiamento de 281 mil euros para o “Ovar Bikesharing”, que visa o desenvolvimento e implementação de um sistema de bikesharing com estações em diferentes áreas de Ovar.

O princípio do sistema de partilha bicicletas (bikesharing) é simples. Os utilizadores usam bicicletas a partir das estações de recolha, sem ter que arcar com os custos e responsabilidades de ter uma bicicleta elétrica. A partilha de bicicletas é o acesso a curto prazo, que disponibiliza um modal de transporte rápido, fácil, barato e eficiente.

Pretende-se com o investimento neste meio de transporte agregar valor à rede de mobilidade da cidade, sendo complementar a outros modais, focado na realização dos primeiros e últimos percursos das viagens dos utilizadores daqueles outros modais de transporte.

A solução assenta numa plataforma online, tecnologia RFID, com o carregamento das bicicletas elétricas diretamente nas estações de parqueamento, para maior segurança e nível de serviço. Algumas características apresentadas podem vir a ser alteradas por evolução tecnológica do sistema ou, eventualmente, a pedido do cliente. A arquitetura da solução foi desenhada para permitir uma excelente experiência de uso para quem utiliza o sistema de bicicletas partilhadas.

Cada utilizador deverá efetuar, em primeiro lugar, o registo no sistema. Para tal, propomos a existência de um local (no mínimo) onde o futuro utilizador possa fazer presencialmente essa inscrição e onde será emitido um cartão de acesso e/ou um código de acesso ao sistema para que possa ser utilizada a APP. Sempre que um utilizador deseje utilizar uma bicicleta em qualquer uma das estações de parqueamento virtuais disponibilizadas, este deverá identificar-se junto do sistema.

Para tal, bastará escolher a bicicleta que pretende, e passar o seu cartão no leitor na bicicleta. Em alternativa, o utilizador poderá utilizar a APP escolhendo, através dela a bicicleta pretendida. Após a devida identificação junto do sistema, a bicicleta poderá ser utilizada.

Quando o utilizador pretender devolver a bicicleta, este deverá entregá-la em qualquer estação de parqueamento virtual. Ao nível da gestão do sistema, estará disponível uma plataforma web de gestão que permitirá o controlo remoto do sistema, a gestão das bicicletas, efetuar a consulta de registos de atividade, estados do sistema e das bicicletas, entre outras informações relevantes. A presente operação tem por base o PMUS -Plano de Mobilidade Urbana Sustentável do Concelho de Ovar, na medida em que apresenta proposta de soluções de uso partilhado de bicicleta, com aluguer automático, localizando os parques em estações de caminho de ferro e zonas urbanas de forma a ligar estes entre si e inclusive permitir as deslocações destes para as principais zonas industriais do Concelho.

A presente operação tem por base o PMUS – Plano de Mobilidade Urbana Sustentável do Concelho de Ovar, na medida em que apresenta proposta de soluções de uso partilhado de bicicleta, com aluguer automático, localizando os parques em estações de caminho de ferro e zonas urbanas de forma a ligar estes entre si e inclusive permitir as deslocações destes para as principais zonas industriais do Concelho e melhorar as condições dos interfaces locais de transportes públicos, designadamente a partir das estações ferroviárias, e, sobretudo, fornecer infraestruturas indicadas para a mobilidade ciclável com ligação a centralidades e pontos de interesse da cidade, facilitando e criando mais oportunidades de acesso.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo