LocalSlider

Ovar continua bem colocado nos “rankings”

rankings
Ovar ocupa o 18.º lugar no ranking nacional dos municípios portugueses com melhor índice de dívida total. É uma conclusão do Anuário Financeiro dos Municípios Portugueses de 2014, que foi apresentado, na semana passada, na Universidade Católica de Lisboa.

O documento, que exibe uma análise das contas dos municípios portugueses relativas ao exercício económico de 2014, dá conta que a Mealhada ocupa a 1ª. posição do ranking global, sem dívidas.
Para além da Mealhada, os municípios de Ovar (18º. lugar) e Murtosa (46º.) são os municípios do distrito de Aveiro melhor classificados.

Dos 10 concelhos que mais devem (Lisboa, Gaia, Portimão, Aveiro, Gondomar, Porto, Seixal, Funchal, Cascais e Évora), apenas Aveiro teve um aumento em 2014, de 2,7 milhões de euros, para 126,4 milhões.

O Anuário Financeiro dos Municípios Portugueses resulta de um trabalho de equipa, que envolve dois centros de investigação, o Centro de Investigação em Contabilidade e Fiscalidade do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave e Centro de Investigação em Ciências Sociais da Universidade do Minho.

O documento traça a radiografia da saúde financeira dos 308 municípios portugueses e é desenvolvido com o apoio da Ordem dos Contabilistas Certificados, em estreita colaboração com o Tribunal de Contas.

Poder de Compra

Por outro lado, o concelho de Ovar é o terceiro com maior poder de compra da CIRA, de acordo com um ranking revelado há dias pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), e que resulta de dados recolhidos em 2013.

O município ovarense apresenta um indicador de poder de compra (Ipc), com 88,63, sendo que a média nacional per capita se situa nos 100. À frente de Ovar, apenas Aveiro e Ílhavo, sendo que Aveiro apresenta números acima da média nacional. De destacar ainda S. João da Madeira – que integra a Área Metropolitana do Porto, apesar de pertencer ao distrito de Aveiro – que surge em sexto lugar dos municípios com melhor resultado a nível nacional.

Na região de Aveiro, aqueles que têm uma média de poder de compra inferior são a Murtosa e Vagos. De referir que, dos 308 municípios do país, 32 apresentam uma média superior à média per capita. A liderar a lista dos concelhos portugueses com maior poder de compra surge Lisboa, com um resultado que mais que duplica a média nacional (207.91), seguido de Oeiras (180.73) e só depois surge o município do Porto, com um poder de compra de 169.85.

Classificação dos
concelhos da Região

Aveiro 123,50
Ílhavo 88,69
Ovar 88,63
Águeda 86,51
Albergaria-a-Velha 83,39
Estarreja 83,02
Oliveira do Bairro 82,23
Anadia 81,09
Sever do Vouga 75,40
Vagos 73,62
Murtosa 71,14

Artigos relacionados

Deixe uma resposta