LocalPrimeira Vista

Ovar vai accionar “gabinete de crise”

O presidente da Câmara Municipal de Ovar acaba de anunciar que vai “propor hoje à Comissão Municipal de Protecção Civil o accionamento do nosso Plano Municipal de Protecção Civil de Ovar e, assim, operacionalizar o nosso gabinete de crise”.

A preocupação do edil vai no sentido de garantir que, em Ovar, “as pessoas não estão sozinhas. Nós estamos cá para vos proteger”.

Entretanto, são já 263 as entidades que, por sua livre e espontânea vontade, decidiram encerrar as suas instalações no Município.

O presidente explica que “as medidas implementadas e as mudanças do nosso quotidiano no Município de Ovar só terão reflexo dentro de 10 a 15 dias”. A informação que tem diz que “a situação vai agravar-se ainda mais nos próximos dias na nossa terra”.

Assim, apela mais uma vez para que fiquem em casa e para que fechem os estabelecimentos/instalações, e vai solicitar às forças de segurança pública (GNR e PSP) a trabalhar no Município de Ovar para, “numa atitude pedagógica, encaminharem as pessoas que permaneçam no espaço público”.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo