CulturaSlider

Pancadas de Moliére no Festovar

A 24.ª edição do Festovar – Festival de Teatro de Ovar começa esta sexta-feira e vai até 25 de Novembro.

Nestes dias, a cidade vai receber a visita de companhias de teatro vindas dos mais diversos pontos do país: vão ser sete semanas de espectáculos vindos de Avintes e Gulpilhares (Gaia), Braga, Valongo, Pombal, Ourém e Ovar.
A edição 2017 conta com farsas, comédias, dramas (o espectáculo vencedor do Prémio Ruy de Carvalho 2017), teatro para a infância e juventude e também uma estreia absoluta da Contacto, a companhia organizadora: “A Salvação de Lutero”, um drama histórico.

A sessão de abertura decorre às 21h30 horas, no Auditório da Casa da Contacto e vai dar corpo ao mote escolhido para este ano: “Teatro na Era Digital”, assinalando a influência e a preponderância que o digital vem assumindo nesta vertente artística. Jorge Queirós, licenciado em Marketing e Comunicação ligado ao teatro, é o convidado para abordar esta temática, em conjunto com o presidente da Câmara Municipal de Ovar e o presidente da União de Freguesias de Ovar, S. João, Arada e S. Vicente de Pereira. Francisco Rafael e Maria Santos Pinto, dois jovens músicos virtuosos (no violino e no piano) vão dar corpo à componente artística da cerimónia.

A revista anual “Água Corrente”, que vai já no seu número vinte e um, vai também ser lançada nesse dia; nela se fala, entre outros assuntos, do tema central, do programa do Festival de Teatro e das actividades desenvolvidas durante o ano em curso.

O programa de palco inicia-se no sábado, dia 14, na Casa da Contacto, pelas 21h45 horas, com a apresentação da comédia “Aqui há fantasmas”, pelos Plebeus Avintenses.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta