Cultura

Pão de Ló Rosa Rodrigues não perde uma festa

Depois de cerca de quase três anos sem festas devido às restrições pandémicas, “os últimos tempos têm sido dedicados a percorrer as festas da nossa terra”, diz Rosa Rodrigues, produtora de Pão-de-Ló de Ovar.

Instalada numa carrinha móvel que lhe permite itinerância, a premiada produtora conta que marcou “presença nas festividades do S. João de Válega, no S. Pedro de Bustelo, na Noite Branca, em Válega, e na Nossa senhora das dores, em Valdágua, sem esquecer as Festas da Padroeira Nossa Senhora do Amparo que ontem terminaram e pedem um Pão de Ló na mesa.

“Festas todas elas muito bem organizadas – parabéns a cada comissão de festas pelo trabalho realizado -, às quais ficamos muito felizes de poder voltar”.

No entanto, “as festas não encerram por aqui”, avisando:
“Estejam atentos para mais novidades boas”.

 

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo