CulturaPrimeira Vista

“Para Vós – Um solo coral sobre o lugar onde vivem as memórias”

[themoneytizer id=”16574-1″]

A Belmira, a Emília, a Manuela, a Marcelina, a Odete, a Otília e a Rosinha. Elas são as avós de todos nós que sobem ao palco do Centro de Arte de Ovar (CAO), quando forem 15 horas, para dar vida ao projecto “Para Vós- Um solo coral sobre o lugar onde vivem as memórias”.

“Para os meus avós. (…) Este é um espectáculo sobre os meandros da memória. Sobre as memórias das minhas avós ou mais exactamente sobre a minha memória das memórias delas”, explica Cláudia Andrade, a criadora.

Depois das residências artísticas realizadas em Águeda, Ovar, Lagos e Sever do Vouga, depois da viagem pelas histórias e memórias de centenas de avós e netos, daquelas que nos ligam aos espaços, aos tempos e nos agarram aos outros e à vida, “Para Vós” regressa ao Centro De Artes – Ovar.

Neste espectáculo há a promessa de um retorno a casa, e de regressar ao aqui e agora. Haverá sempre a necessidade de irmos longe para melhor habitarmos o tempo presente ou, como diz Guzmán, sermos capazes de «vivir en el frágil tiempo presente».

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo