PolíticaSlider

PCP de luto pela morte de Luís Quintino

[themoneytizer id=”16574-1″]

 

É com pesar que o Secretariado da DORAV comunica o falecimento de Luís Filipe Toca Quintino.

Luís Filipe Toca Quintino aderiu ao Partido Comunista Português em 1972.

Nascido a 24 de Junho de 1950 em Benavente, enquanto estudante participou no movimento associativo estudantil no Instituto Superior de Psicologia Aplicada.

Em 1970 emigrou para a Holanda e aí fez parte da Comissão de Apoio aos Presos Políticos e do movimento associativo de emigrantes desertores e refratários portugueses.

Em 1974 regressa a Portugal e em Dezembro desse ano integra o quadro de funcionários do PCP.

Foi membro do Comité Local de Lisboa entre Setembro de 1974 e Fevereiro de 1975, integrando a partir dessa altura a Comissão Distrital de Aveiro. Em 1979, integra a Comissão Distrital de Viseu, regressando a Aveiro em 1981.

Foi membro da Direcção da Organização Regional de Aveiro do PCP, do seu Executivo e Secretariado, onde foi responsável por diversas organizações concelhias, das quais se destacam as de Ovar e Santa Maria da Feira, de que foi responsável por mais de duas décadas, e por frentes de trabalho específicas, nomeadamente as autarquias.

Actualmente Luís Quintino desenvolvia tarefas no plano do trabalho central do Partido. O Secretariado sublinha o papel e o empenho de Luís Quintino na luta pela liberdade pela democracia e pelo Socialismo.

Luís Quintino estará na Capela da Sr.ª da Graça em Ovar, hoje, 27 de Junho, das 16h até ao dia de amanhã pelas 12h, de onde seguirá para cerimónia reservada à família no crematório de S. João da Madeira, dispensando flores, intervenções, bandeiras e insígnias, como era a sua vontade.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo