Política

PCP: Moção contra o encerramento da Escola Oliveira Lopes rejeitada na AM

O PCP apresentou na última Assembleia Municipal (AM) uma moção no sentido de vincular a autarquia a tomar uma posição clara contra o encerramento da Escola Oliveira Lopes, “exigindo ao governo que anulasse a decisão, e levaria a Câmara a orçamentar as necessárias obras de requalificação”.

Surpreendentemente para o PCP, a moção acabaria por ser rejeitada com os votos contra do PSD e de um voto contra de um deputado do PS, Jaime Almeida, também Presidente da Junta de Freguesia de Válega. A favor da moção votaram o PCP e o restante Grupo Municipal do PS, tendo o BE optado pela abstenção.

“O PSD, ao tomar esta posição, mais não faz que evidenciar as cada vez mais óbvias contradições entre o discurso vazio de “defesa do município e das populações”, e da atitude que toma na prática, de abdicar da defesa dos interesses dos munícipes e submissão à agenda governamental, de que são exemplos a recentes posições favoráveis à privatização dos CTT e da EGF”.

Os comunistas manifestam, apesar de tudo, a “confiança de que enquanto houver força e vontade, vale a pena lutar contra o encerramento da Escola, apelando à população a que não deixe de se mobilizar por este equipamento”.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta