LocalSlider

Pescador salva mãe e filha do mar no Furadouro

Tudo aconteceu este sábado, pelas 17 horas, a sul da praia do Furadouro, quando mãe e filha se passeavam junto ao quebra-mar, acompanhadas pelos seus dois cães. Sem nada que o fizesse prever, um dos cachorros caiu ao mar e o outro atirou-se, possivelmente, em seu auxílio, ficando os dois em perigo de morrer afogados.

Perante a situação, a filha lançou-se à água na tentativa de salvar os cachorros, ao que se seguiu a mãe que, aflita, também se lançou à água em auxilio da sua filha e dos dois animais. Sucede que as condições do mar eram bastante adversas, devido à forte ondulação da preia-mar, vendo-se as duas em sérias dificuldades, pedindo auxilio às pessoas que passavam.

Em resposta aos pedidos, o pescador Manuel Russo atirou a ponta da cana de pesca que estava a usar, para que a mãe a pudesse agarrar, tirando-a do mar para cima do quebra-mar. No mesmo momento, foram também salvos ambos os animais, apresentado um deles um ferimento na cabeça.

Mas Manuel Russo não se ficou por aqui, pois a rapariga estava a ser levada pela corrente, e lançou-lhe uma bóia de cortiça que a vítima não conseguiu alcançar. Como continuava a ser levada pela corrente, afastando-a do quebra-mar, o pescador Manuel Russo foi à volta pela praia, despiu-se e nadou até junto dela trazendo-a para terra.

Manuel Russo acabou por se ferir numa perna, mas diz que não tinha outra alternativa: “Tinha de as ajudar”.

No local, estiveram os Bombeiros Voluntários de Ovar, Ambulância de Emergência Médica de Ovar, VMER da Feira e a Polícia Marítima. As duas vitimas foram transportadas para o Hospital de São Sebastião, na Feira.

 

 

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo