CulturaSlider

Pintura e escultura para ver nas férias

Foi inaugurada ao final da tarde de 24 de julho, na Biblioteca Municipal de Ovar, a exposição “Encontro(s)”, que integra um núcleo de escultura de João Antero e outro de pintura de Anabela Mendes da Silva.

Anabela Duarte Mendes da Silva nasceu em Angola, tendo ali iniciado e concluído o curso de educadora infantil, em 1974. Dois anos depois, passou a leccionar na cidade do Porto, na área da educação. Após ter deixado a vida profissional activa e aliando à vontade de não “parar”, quis fazer algo que lhe desse prazer, tentando sempre que esse “algo”, possibilitasse uma partilha com o Humano. Descobriu esse “algo” na pintura.

“R. orgânico” é título do conjunto escultórico de João Antero, patente na Biblioteca Municipal de Ovar, até 05 de setembro, inserido na exposição de pintura e escultura “ENCONTRO(s)”.

Nas obras de João Antero privilegiam-se materiais primários – a madeira, o ferro e a pedra, tratados com um naturalismo quase brutalista, no seu estado plástico e expressivo, explorando as suas potencialidades tácteis e perceptivas. Enquanto a madeira, saída rugosa dos troncos das árvores, conserva a memória da matéria orgânica e de um fazer artesanal, já o ferro, moldado e oxidado pelas tecnologias industriais, é a afirmação do poder do homem sobre a matéria mas em permanente confronto com a natureza. As suas peças como “Memórias-Paisagens” em madeira e ferro, redescobrem a sua essência ritual e manifestam uma consciência telúrica herdada dos antigos primitivos.

Integrada no programa das comemorações do Dia do Município (25 de julho), esta exposição estará patente ao público até 05 de setembro.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta