CulturaSlider

“Piroli, Piroli, Piroli, Piroli, Piroli, Pirolito” (c/vídeo)

[themoneytizer id=”16574-1″]

 

A vontade de inovar, própria da irreverência e inspiração habituais da Troupe Tradição & Juventude, voltou a produzir um refrão pop orelhudo que conquistou as plateias dos Reis 2019.

Piroli, Piroli, Piroli, Piroli, Piroli, Pirolito, Rapapaum, Diraum, Ding Dong, Din Dong“, cantam os jovens reiseiros no Agradecimento (terceiro número), semeando sorrisos nos rostos de quem os ouve.

Os pirolitos (a bebida) foram extintos em 1961 pelo que a troupe quando diz “Ai que frio (ai que frescura)/Venha daí mais um pirolito/A nossa voz… está a desafinar“, quer referir-se a um trago de Porto ou outra bebida espirituosa que aconchegue as gargantas e aqueça as cordas vocais daquelas que são normalmente oferecidas nas visitas que fazem para oferecer os cânticos.

Todos os anos é assim, a Troupe Tradição & Juventude faz por inovar, sem barreiras, sem complexos, numa prova evidente de que a evolução das cantilhenas repetitivas das Janeiras para o Cantar dos Reis vareiro não cristalizou e é um processo em constante evolução.

A letras e músicas da Troupe Tradição & Juventude deste ano são de Luís Rola, Miguel Mendes, Nina Magalhães e Pedro Peralta.

Sexta atuação: Tradição & Juventude ⚫⚪

Publicado por Associação Desportiva Ovarense em Sexta-feira, 4 de janeiro de 2019

Artigos relacionados

Deixe uma resposta