LocalSlider

Porque é que mataram o Augusto Pereira?

Carlos Fonseca, 35 anos, trabalhador da construção civil, é suspeito da morte de Augusto Pereira, encontrado no fundo de um poço, em Pardilhó. Está detido no estabelecimento prisional de Coimbra, e embora possa tê-lo dito às autoridades, não se conhece o móbil do crime que chocou a cidade de Ovar em Abril.

“Ele confessou que tinha matado o meu irmão e foi ele que levou as autoridades ao poço”, conta a irmã da vítima. Mas por que matou Augusto Pereira? O programa “Linha Aberta” de hoje, lança alguma luz sobre o assunto.

O pai do alegado homicida diz nesta emissão que a nora pode estar envolvida no crime, já que ela é quem tinha a carrinha que pode ter sido usada para transportar o corpo para o poço.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta