LocalPrimeira Vista
Em Destaque

Prefeito de João Pessoa quer revitalizar geminação com Ovar

Autarca brasileiro reencontrou Esmeralda Souto

O prefeito de João Pessoa, Cícero Lucena, esteve ontem em Ovar, onde foi recebido nos Paços do concelho pelo edil ovarense, Salvador Malheiro.

Recorde-se que Cícero Lucena lidera o município brasileiro geminado com a cidade vareira desde 1993.

Aproveitando a missão da Frente Nacional de Prefeitos (FNP) em viagem internacional a Portugal, durante a qual conheceu o trabalho da Associação de Municípios para Gestão Sustentável de Resíduos do Grande Porto (Lipor), Cícero Lucena visitou um parque ambiental, do género do Buçaquinho, em Ovar, criado num local onde antes existia um aterro sanitário.

“Trata-se de um caso semelhante ao de João Pessoa, em que o lixão dá lugar a um espaço de preservação do meio ambiente, lazer e convivência. Ou seja, isso nos dá a certeza que estamos no caminho certo já que esta entidade que nasceu com um consórcio, hoje é uma empresa que garante desenvolvimento, sustentabilidade e qualidade de vida para mais de um milhão de pessoas”, destacou o prefeito.

De passagem pelos Paços do Concelho de Ovar, o autarca pessoense destacou a intenção de retomar as actividades conjuntas, votadas ao esquecimento, para fortalecer o desenvolvimento das cidades. “Queremos retomar a parceria entre as cidades, fazer um intercâmbio cultural, mas também de troca de experiências e tecnologia para o bem do desenvolvimento econômico dos dois municípios”, afirmou Cícero.

O presidente da Câmara Municipal de Ovar, Salvador Malheiro, vincou a satisfação de receber o prefeito de João Pessoa. “Vivemos num mundo global, onde as parcerias intercontinentais são absolutamente decisivas. Estamos prontos para encarar os novos desafios globais em simbiose”, declarou.

O encontro contou com a presença da antiga autarca Esmeralda Souto, que visitou João Pessoa na época do impulso no processo de geminação, em 1993.

Entretanto, no sábado, os Rotários de Ovar e da Régua voltaram a juntar-se, desta vez na Escola Museu Oliveira Lopes, reforçando laços seculares entre os dois municípios.

«São muito os pontos que, historicamente, unem os dois Municípios e, desta forma, estamos a perpetuar a memória coletiva dos dois povos», sublinhou o Presidente da Câmara Municipal da Régua, José Gonçalvesnuma sessão onde o Município e o Rotary Club da Régua foram “recebidos como irmãos”.
Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo