CarnavalEspecial Carnaval

Presidente diz que Carnaval não originou surto

O presidente da Câmara Municipal de Ovar, Salvador Malheiro, disse hoje que os festejos do Carnaval não podem ser responsabilizados pela crise sanitária no concelho.

Em declarações à TVI, o autarca recusa responsabilizar a festa maior do concelho, porque “há mais carnavais, como Estarreja, Loulé, Torres Vedras, Mealhada e é extemporâneo fazer essa conclusão”.

Para o edil, decisivo foi o facto de “termos tido sete médicos da USF de São João infectados e que terão contactado com centenas de utentes e esse foi o maior foco”. Conforme se tem vindo a constatar, acrescentou ainda, “o foco principal é nessa freguesia onde temos centenas de casos”.

Sobre o eventual prolongamento da quarentena geográfica a partir do dia 2, “há que decidir o que fazer”. Mas assegura que a cerca funcionou, pois “o contágio não passou para os concelhos a sul de Ovar”.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta