Local

Prevenção do crime de furto em residência – European Focus Day

A Polícia de Segurança Pública (PSP) associou-se novamente ao European Focus Day – campanha europeia de prevenção do crime de furto em residências, que decorreu a 15 de junho.

Este dia de informação e sensibilização dos cidadãos, que tem este ano a 4.ª edição, é dinamizado pela European Crime Prevention Network (EUCPN) e conta com a participação da Europol, Comissão Europeia e 26 países da União Europeia, incluindo Portugal, que participa nesta iniciativa desde a sua criação em 2019 por intermédio da PSP.

O objectivo primordial desta campanha à escala europeia é sensibilizar os cidadãos para a importância da prevenção e divulgar conselhos de autoproteção contra os furtos em interior de residência.

Nos últimos 3 anos a PSP investigou 13 086 furtos em residência com arrombamento, escalamento ou emprego de chave falsa, 5 826 furtos por outros métodos, 1 124 roubos em residência e 5 689 furtos em área anexa a residência (como garagens, anexos, entre outros).

No ano de 2022, até ao dia 31 de maio, a PSP tem em investigação 1756 furtos em residência com arrombamento, escalamento ou emprego de chave falsa, 776 furtos por outros métodos, 116 roubos em residência e 581 furtos em área anexa a residência.

N.º Ocorrências

Furto em residência com arrombamento, escalamento ou chaves falsas

Furto em residência sem arrombamento, escalamento ou chaves falsas

Roubo em residência

Furto em área anexa a residência

2019

4875

2114

380

1482

2020

4019

1838

408

2171

2021

4192

1874

336

2036

No mesmo período temporal foram efetuadas 526 detenções por furtos e roubos a residências. No presente ano já foram registadas 62 detenções pelos mesmos crimes.

N.º Detenções

 

Furto em residência com arrombamento, escalamento ou chaves falsas

Furto em residência sem arrombamento, escalamento ou chaves falsas

Roubo a residência

Furto em área anexa a residência

2019

90

20

32

17

2020

92

16

38

27

2021

99

15

40

40

TOTAL

281

51

110

84

A PSP disponibiliza o programa Verão Seguro – Chave Direta, que se constitui como medida de prevenção e reforço da segurança das residências, especialmente quando as famílias se ausentam por períodos de tempo mais longos, geralmente por motivos de férias. A ausência é comunicada à PSP diretamente nas Esquadras ou por intermédio do sítio https://veraoseguro.mai.gov.pt/Pages/Home.aspx, possibilitando que estas residências sejam objeto de especial atenção pelos N/Polícias.

Nos últimos 3 anos a PSP recebeu 5 882 pedidos de vigilância a residências. Destas, 19 foram alvo deste crime (tentado ou consumado), i.e., 0,3% das residências inscritas neste programa foram alvo de ilícitos criminais.

 

N.º Pedidos Presenciais

N.º Pedidos Chave Direta

2019

2125

471

2020

1234

286

2021

1396

370

TOTAL

4755

1127

Além da ativação do programa de vigilância a residências, a PSP também leva a cabo ações de sensibilização junto dos cidadãos, nas quais são abordados os temas “Furtos e Roubos” e “Segurança na Residência”.

Entre 2018 e 2021 foram realizadas 800 ações de sensibilização que envolveram cerca de 18 000 cidadãos.

A PSP aconselha todos os cidadãos:

       i.        Informe a PSP da sua área de residência da ausência do domicílio, diretamente na Esquadra ou por intermédio do sítio do programa Verão Seguro – Chave Direta.

      ii.        Durante os períodos de ausência da residência (mesmo que por alguns dias), garantam que portas e janelas ficam bem trancadas.

     iii.        Se pretender publicitar ausências, nomeadamente através das redes sociais, faça-o após regressar.

     iv.        Denuncie sempre este crime à PSP, ainda que não tenha sido concretizado (tentativa).

      v.        Solicite a alguém da sua confiança que recolha o correio para que a caixa não fique cheia.

     vi.        As portas de acesso às áreas comuns e ou via pública devem ser sempre trancadas (ao invés do simples uso do trinco).

    vii.        As redes de solidariedade entre vizinhos são um dos meios mais eficazes de prevenção: caso note pessoas estranhas nos acessos à residência de outra pessoa, tente contactá-la e alertá-la. Em caso de dúvida, alerte a Esquadra da PSP mais próxima para despiste da situação.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo