LocalSlider

Ameaçava a mãe para satisfazer o vício da droga

Tribunal de Ovar ordenou que fique em prisão preventiva

O Tribunal de Ovar ordenou a medida de coacção mais grave, a prisão preventiva, para um homem suspeito de violência doméstica já com antecedentes pelo mesmo crime.

Após uma denúncia, “os militares da Guarda apuraram que o suspeito injuriava e ameaçava recorrentemente a sua mãe, de 73 anos, exigindo-lhe dinheiro para satisfazer o seu consumo de estupefacientes”, informa uma nota de imprensa.

De acordo com a GNR, no seguimento das diligências policiais, o suspeito, já com um pena suspensa de dois anos por violência doméstica, foi detido, tendo sido presente em 22 de setembro, ao Tribunal Judicial de Ovar.

O homem acabou por ver-lhe aplicada medida de coação de prisão preventiva, tendo recolhido ao Estabelecimento Prisional de Coimbra.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta