LocalPrimeira Vista

Procissão dos Terceiros inicia manifestações da Quaresma

As imponentes manifestações de rua da Quaresma ovarense iniciaram-se, este domingo, com a realização da procissão dos Terceiros, uma das poucas que ainda resistem no nosso país e que, actualmente, congrega diversas irmandades do centro e norte do país.

Apesar do forte vento que trouxe dificuldades no transporte do pendão, foi possível ver os 14 ricos andores e as respectivas imagens dos Santos Tutelares da Ordem Terceira de São Francisco, nomeadamente: Bem Casados, Santa Margarida de Cortona, Santo Ivo, Santo António de Lisboa, Santa Isabel, Santa Clara de Assis, São Roque, São Luís Rei de França, Santa Rosa de Viterbo, Andor da Ordem, São Francisco lançado às silvas, São Francisco abraçado a Cristo, Santa Isabel da Hungria e Imaculada Conceição.

A Procissão data provavelmente do século XVII, surgindo poucos anos após a organização, entre nós, da Ordem Terceira de S. Francisco. O cortejo adquiriu rapidamente grande imponência e brilho. Reformada no início do século XIX, a Procissão manteve-se até aos nossos dias, marcando a solenidade da quadra.

A Procissão dos Terceiros foi a primeira das quatro grandes Procissões Quaresmais que desde há séculos fazem parte do património religioso de Ovar. As três restantes terão lugar na tarde do 4.º Domingo da Quaresma –- a dos Passos–, na quinta-feira Santa – Ecce Homo ou Terro-terro, e na Sexta-feira Santa – Enterro do Senhor , as duas últimas à noite, logo após as celebrações litúrgicas do Tríduo Pascal.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo