Publicidade
Empresas

Procurador do Ministério Público pede pena de prisão efetiva para Manuel Godinho

O procurador do Ministério Público do tribunal de Aveiro pediu esta terça-feira a condenação a uma pena de prisão efetiva para Manuel Godinho, o sucateiro de Ovar, que está atualmente a cumprir 12 anos de cadeia por crimes de corrupção.

Em causa estão quatro crimes de fraude fiscal e dois de branqueamento, num esquema em que o Estado foi lesado em quase 14 milhões de euros.

Ler artigo aqui.

publicidade

Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo