Empresas

Produção de comerciais ligeiros segue em alta

Em Fevereiro, a produção nacional de comerciais ligeiros atingiu 6 364 unidades (+27,5% face ao mesmo mês do ano passado). Pesados de mercadorias contaram-se 145, menos 57% em termos homólogos, e a produção de autocarros ficou a zeros.

Segundo dados da ACAP – Associação Automóvel de Portugal, o grupo Stellantis revelou que produziu 5.949 comerciais ligeiros, num crescimento homólogo de 32,1%. No Tramagal produziram-se 193 Mitsubishi Fuso (-51,55) e em Ovar 222 na Toyota Caetano (+141,3%).

A produção de pesados de mercadorias continuou a ser garantido em exclusivo pela Toyota Caetano.

No acumulados dos dois primeiros meses do ano, a produção nacional de veículos comerciais ascendeu a 13.072 unidades (+22.3%), no melhor registo dos últimos dez anos. Desses, 12.715 (+25,8%) foram comerciais ligeiros, 355 (-38,6%) pesados de mercadorias e dois (-33,3%) pesados de passageiros.

Ainda de acordo com os dados da ACAP, a produção de comerciais ligeiros foi exclusivamente de veículos a gasolina e a gasóleo. Nos pesados, contaram-se 34 eléctricos, dos quais dois autocarros.

Nos dois primeiros meses do ano, foram ainda montados em Portugal 17 autocarros pela CaetanoBus, todos destinados à exportação.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo