Publicidade
EmpresasPrimeira Vista

Produtores de leite preocupados com a redução dos preços pagos à produção

Os produtores de leite acusam a indústria de “aproveitar-se” das ajudas anunciadas pelo governo para “esmagar a produção”.

A Associação dos Produtores de Leite de Portugal (APROLEP) através da vice-presidente da APROLEP, Marisa Costa, critica a baixa do custo do leite que agora teria um custo demasiado elevado, afirmando em entrevista à RTP que: “não havendo verba disponível para adquirir matérias primas, só há uma forma, vamos abater animais, reduzir o número de vacas nas vacarias, vamos reduzir o leite, vamos reduzir a carne de vaca e vamos perceber se, efetivamente, vamos ter produto nas prateleiras dos supermercados”.

A APROLEP lembra ainda que o apoio anunciado aos agricultores, no valor de 140 milhões de euros, “não compensa esta redução de preço. Ainda não sabemos como vai ser distribuído, quando vai ser pago e que parte vai caber ao setor do leite, mas podemos estimar que será inferior a 1 cêntimo por litro produzido anualmente”, explicando que os 7,8% representam, para o produtor, uma redução de 15%, numa altura em que as rações continuam “com os preços mais elevados de sempre” (55 cêntimos por quilo).

publicidade

“Tudo isto ocorre no ano de arranque de uma nova Política Agrícola Comum (PAC), em que o setor do leite sofre uma redução de 37% nos apoios diretos, a maior redução entre os vários setores agrícolas, redução que não é mitigada por novas ajudas”, sublinha ainda a Associação.

 

Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo